Warren Buffet devia vender Apple

Warren Buffett tem 90 anos e recentemente marcou o maior "home run" da sua carreira como investidor.

Há quem diga que este pode mesmo ter sido o investimento mais lucrativo já feito no mercado de acções.

Entre 2016 e 2018, a empresa de Buffett, Berkshire Hathaway (NYSE:BRK-B), comprou $35 mil milhões da Apple (Nasdaq:AAPL).

Buffet pagou um preço médio ajustado de cerca de $35 por acção, o que significa que agora detém mil milhões de acções da Apple.

Em 2020, o investimento rendeu muito.

O preço das acções da Apple recentemente ultrapassou os $120.

Actualmente, a participação da Berkshire na Apple vale mais de 120 mil milhões de dólares.

Não acredito que alguém na história já tenha feito tanto dinheiro com uma única negociação de acções.

Será que é tempo de vender?

Humildemente sugiro que este senhor que ganhou mais de 100 mil milhões de dólares em muito pouco tempo faça uma coisa:

Venda essas acções Sr. Buffett.

Tenho certeza de que houve dois motivos simples que levaram Warren Buffett a fazer uma aposta maciça de 35 mil milhões de dólares na Apple entre 2016 e 2018...

  • A Apple era uma grande empresa com uma poderosa vantagem competitiva.
  • As acções desta grande empresa estavam a ser negociadas a um preço atraente.

Em 2020, uma dessas duas coisas definitivamente ainda é verdade.
A Apple ainda é uma grande empresa com uma poderosa vantagem competitiva.
Mas não acredito que as suas acções ainda sejam negociadas com um preço atraente.

Reparem no seguinte gráfico:

Quando Buffett comprou acções da Apple, as acções estavam a ser negociadas com um PER de cerca de 10 a 14 vezes os lucros.

Em retrospecto, posso dizer que foi um negócio a um preço maravilhoso.

Claramente, Buffett concordou, e é por isso que ele apostou alto ...

Mas hoje, as acções da Apple não custam mais $35 (ajustado pelo stock-split). Elas ultrapassaram os $120.

Por causa desse aumento massivo no preço das acções, o PER da Apple disparou para 38 vezes os lucros.

Isso é quase quatro vezes a avaliação da Apple quando Buffett fez a sua primeira compra e isso torna esta grande empresa muito menos atraente como investimento.

Buffett já cometeu este erro no passado

A grande vitória de Buffett na Apple lembra-me outro investimento incrível que ele fez três décadas atrás.

No final dos anos 80, Warren Buffett também acreditava ter encontrado uma oportunidade que oferecia uma poderosa vantagem competitiva e tinha também uma avaliação atraente.

Buffett investiu mil milhões de dólares do seu portfólio na Coca-Cola (NYSE:KO).

Naquela época, mil milhões de dólares era uma grande quantidade de dinheiro, até mesmo para Buffett. Era mais de um terço de todo o seu portfólio.

Mas Buffett tinha certeza que a Coca-Cola teria um enorme crescimento de receita nos próximos anos.

A empresa tinha apenas começado a entrar nos mercados emergentes. Milhares de milhões de pessoas que viviam em todo o mundo estavam desesperadas por uma Coca-Cola.

Durante uma década, as acções da Coca-Cola subiram 13 bags e Buffett ganhou 12 mil milhões de dólares do seu investimento de mil milhões.

Foi então que cometeu um erro...

Não vendeu.

Em 1998, quando Buffett tinha um lucro de 12 mil milhões com a Coca-Cola, o preço da acção da Coca-Cola tinha ficado caro.

Buffett comprou originalmente as suas acções com um PER de 10 a 14 vezes os lucros.

Uma grande empresa com um óptimo preço - parece familiar, não?

Em 1999, o PER da Coca-Cola explodiu para cerca de 50 vezes os lucros.
Mas Buffett não vendeu.

E arrependeu-se ...

As acções da Coca-Cola chegaram a $43 em 1998, depois caíram por anos até $19 em 2005.

Buffett não viu as suas acções da Coca-Cola ultrapassarem $43 até 2019.

Isto foi mais de duas décadas depois da oportunidade de venda que Buffett poderia (deveria) ter executado em 1998 e lucrar 13 mil milhões.

Se Buffett tivesse vendido as suas acções da Coca-Cola 1998, ele podia ter reinvestido o lucro noutro lugar e feito sabe-se lá quanto.

Certamente milhares de milhões - provavelmente dezenas de milhares de milhões...

Não vender a Coca-Cola em 1998 com um PER de 50 vezes o lucro foi um erro raro.
Admitiu Buffett.

O investimento de Buffett na Apple no valor de 120 mil milhões, com um PER de quase 40 vezes os lucros, assemelha-se muito com seu investimento na Coca-Cola em 1998.

Mal posso esperar para ver se ele vai ganhar desta vez ou se vai repetir o erro que cometeu com a Coca-Cola 1998.

O que vocês acham?

Acham que a história de investimento da Apple é diferente da Coca-Cola?

Bom investimentos

Comentários

comments powered by Disqus