Poupança - Novembro 2017

Novembro foi um mês muito fraquinho em termos de poupança. Tivemos algumas despesas inesperadas e perdemos um pouco o controlo na categoria de restaurantes.
Apesar de tudo conseguimos poupar acima de 30% do nosso rendimento, o que não foi mau.

O Fundo Liberdade tem vindo a desempenhar bastante bem nos últimos meses para compensar.
Este mês andei entretido com trading de crypto-moedas, o que rendeu bastante para as compras de Natal.

Mas vamos ver como correu o mês de Novembro em números:

Rendimento em Novembro de 2017

Salários € 8.150,77
Rendas € 70,84
Dividendos € 73,47
Outros € 305,81
Total € 8.600,89

Despesa em Novembro de 2017

Aluguer Apartamento € 1.575,00
Gás/Electricidade € 106,00
Telecomunicações € 124,00
Empregada € 60,00
Hipoteca € 333,72
Mercearia € 665,25
Restaurantes € 603,47
Carros € 1500,92
Transportes Publicos € 30,00
Gym € 61,00
Médico € 350,00
Farmácia € 44,69
Vestuário € 110,01
Beleza € 91,20
Viagens € 82,18
Taxas Bancárias € 1,18
Outros € 70,00
Total € 5.808,62

Rendimento

Este mês a categoria salários inclui o meu salário de Outubro e o salário da minha esposa de Novembro.
Recebemos dividendos da Verizon, Bristol-Myers Squibb, Abbvie, Procter & Gamble, Lazard e Welltower.
Os outros são algumas roupas que a minha esposa devolveu.

Despesa

Este mês foi um mês fora do normal, restaurantes e mercearia bateram todos os recordes. Temos que começar a fazer um esforço para poupar nessas duas categorias.
Contratamos uma cleaner para nos ajudar com a limpeza do apartamento.
Voltamos a ter despesas com os carros, desta vez foi seguro e impostos de circulação. O carro da minha mulher também começou a ter alguns problemas.
Tivemos também algumas despesas médicas que estavam previstas. Tudo o resto está dentro do normal.

Poupança

Este mês conseguimos poupar 32.46% do nosso rendimento liquido.

Um dos nossos objectivos para 2017 é poupar 30% do nosso rendimento liquido anual.

Estamos com uma média mensal de poupança de 45.02%.

Olhando para o rendimento e para despesas, podem pensar que não estamos a fazer um grande esforço de poupança. Mas isto é realmente uma decisão de cada um.

Nós tentamos procurar um nível de esforço que não afecte o nosso bem-estar e qualidade de vida. Sei que se aumentarmos a nossa taxa de poupança vamos ter resultados mais rápidos, mas o mais importante é tentar encontrar um ponto de equilíbrio entre a despesa e a poupança que nos permita continuar a ter um estilo de vida confortável.

Apesar de tudo, estamos bom caminho.
Escrever estes relatórios é um bom exercício que permite reflectir sobre os gastos.

Como foi o teu mês de Novembro?

Obrigado pela leitura.

Comentários

comments powered by Disqus