Imobiliário vs bolsa e o caminho para a independência financeira

Hoje trago-vos um artigo convidado de um amigo empreendedor que ganhou a sua independência financeira tomando um caminho diferente do investimento na bolsa de valores.

--

O objectivo de quem investe na bolsa ou para quem investe em imobiliário é o mesmo: ganhar dinheiro!

A bolsa de valores e o sector imobiliário são dois dos melhores investimentos a longo prazo que alguém possa ter. Muitos investidores como eu investem inclusive nos dois. O João prefere o caminho da bolsa, eu sou 99% imobiliário, mas também me permitiu ser financeiramente independente.

Investir em imóveis é mais natural para mim. Mas ambos os caminhos têm vantagens e desvantagens. Investir em bolsa tem a vantagem de se poder conhecer as empresas em que se investe e nos identificarmos com o produto que elas têm. Já o imobiliário é tangível e permite a criação de valor de uma forma que não é possível na bolsa.

Para investir em imobiliário, é necessário tempo (para procurar imóveis e para os gerir) e requer, em relação à bolsa, mais dinheiro em carteira. Imóveis são bem mais caros que acções, e temos de ter em conta as despesas de manutenção e os impostos que não são tão baixos quanto isso. Além disso, começar a investir em imóveis é geralmente mais complicado, porque os imóveis não são cotados em tempo real.

Foi com base nisto que decidi escrever o meu novo livro “Investir em imobiliário: do 0 ao milhão

Investir em Imobiliário do 0 ao milhão

Pode ver isto aqui!

O livro tenta chegar a toda a gente: do investidor que quer começar e não sabe como, ao grande investidor que pode optimizar o seu portfólio. Era isso que tinha em mente quando decidi escrevê-lo: aplicar a minha própria jornada, que foi do nada até ao portfólio milionário. No livro o "milhão" representa naturalmente o grande portfólio, o portfólio milionário que pode naturalmente valer vários milhões.

O livro tem 12 capítulos, e a minha ideia foi tentar tocar nos principais pontos do investimento imobiliário, desde a identificação de imóveis, negociar esses mesmos imóveis, financiá-los, etc. Essencialmente é a jornada que eu e vários investidores fizeram. Sendo verdade que é um livro escrito com base na minha experiência pessoal, também foi escrito com base na experiência com clientes e colegas investidores. Foi o meu maior projecto nos últimos tempos e acredito que tem potencial para ajudar muitos investidores.

Escrevi este livro para todos os investidores. Qualquer investidor que queira saber mais sobre imobiliário, mas também qualquer investidor que quer optimizar os seus investimentos e já tem até um portfólio grande mas não sabe que o pode otimizar ou não sabe como.

É o livro que eu gostaria de ter lido quando comecei a investir. Contém um grande conjunto de dicas e métodos que me levaram muito tempo a desenvolver. E como tem a vantagem de ser baseado em experiência própria, trata-se de um livro que oferece uma visão muito prática das coisas, e não um manual escrito por alguém que nunca passou por os problemas que o livro aborda, i.e., nunca esteve no terreno.

Até agora, o feedback tem sido maravilhoso. Depois do segundo lote da primeira edição, vamos fazer a segunda ainda em Março. O objectivo é chegar às mãos de 50.000 investidores ou curiosos do imobiliário em Portugal nos próximos 24 meses. Acho mesmo que o livro se pode tornar uma referência, não no sentido de manual, mas no sentido de abrir a mente dos potenciais investidores e mostrar-lhe caminhos e métodos que realmente funcionam.

Agradeço-te a oportunidade de poder postar aqui, João. E deixo um desconto aos teus leitores: basta aplicar o cupão “frugalistico”.

Um abraço

Comentários

comments powered by Disqus