Como monitorar os seus investimentos em dividendos?

Monitorar Investimentos

Os investimentos devem ser monitorizados com frequência. Não só o monitoramento é importante, como também é importante diversificar as suas posições por diferentes sectores do mercado.

A parte mais difícil de investir em dividendos é esperar e não fazer nada durante anos, por vezes décadas. Os bons negócios normalmente são auto-suficientes, enquanto os maus negócios podem produzir dividendos durante algum tempo antes de os reduzir ou mesmo eliminar completamente.

A melhor maneira de monitorar os seus investimentos é concentrando-se em relatórios trimestrais/anuais e press releases.
Tente analisar cada negócio uma vez a cada 12/18 meses. Essa análise pode ajudar a tomar uma decisão de comprar ou não mais acções ou mesmo vender a sua posição.

Um investidor deve ser extremamente cauteloso nas suas analises de forma a filtrar o ruído. A informação pode vir de diversas fontes, opiniões de analistas, notícias, comentários na TV, etc. Você deve ser racional nos seus julgamentos e filtrar valor dessas fontes excluindo ao mesmo tempo o ruído.

Durante as análises procuro por, aumento de lucro por acção, aumento de dividendos por acção, garantias de sustentabilidade na distribuição de dividendos e mudanças na estratégia do negócio.

Se gastar inicialmente muito tempo a aprender tudo sobre o negócio da empresa, vai ficar com pouco para aprender nos próximos anos caso o negócio não mude. Pode no entanto aprender sobre aquisições, alienações e os planos de crescimento do negócio.

Deve ter cuidado quando uma gestão se concentra excessivamente no crescimento a qualquer custo, isso pode resultar em mau desempenho no fundamento do negócio que é o que mais importa para si como investidor a longo prazo.

Por exemplo, se uma empresa de serviços onde investiu decide revolucionar o mercado de distribuição de energia e telecomunicações sem ter atenção aos lucros reais isto pode ser uma bandeira vermelha. Como no caso da Enron, uma empresa da década de 90 que devido a uma má gestão levou investidores à falência e deixou milhares de trabalhares desempregados.

Também devemos monitorizar investimentos que demonstrem uma valorização extrema. "Quando o porco engorda deve ser abatido" - Quando uma empresa é ridiculamente valorizada esse será o melhor momento para vender a sua posição. Por exemplo, se lhe oferecessem 500.000 euros por uma casa que lhe custou 250.000 euros. Você não vendia? O mesmo acontece com as acções quando valem muito mais do que lhe custaram. Venda e invista noutro negócio que pague bons dividendos.

Também deve monitorar posições que vão acima de um limiar predefinido. Por exemplo, vamos supor que tem 20 posições individuais no seu portfolio, cada posição tem um peso de 5% inicialmente. Ao longo do tempo, existe sempre uma ou duas posições que acabam por ser vencedoras (aumentam o preço várias vezes acima do preço de compra).

Se a posição corresponde a um peso de 20% irá produzir uma desproporção no seu portfolio. Se está numa fase de acumulação, pode simplesmente adicionar novos títulos nos sectores em desequilíbrio. A ideia é deixar os títulos vencedores correr tanto quanto possível, a menos que haja extrema supervalorização, corte de dividendos ou uma grande mudança de estratégia do negócio.

Investir pode ser excepcionalmente complicado, ou extremamente simples. Tudo depende da sua abordagem.
Concentre-se em possuir empresas de alta qualidade com fortes vantagens competitivas.

Obrigado por ler

Comentários

comments powered by Disqus